O MERCADO BRASILEIRO DE QUADRINHOS

A Atuação das Editoras no Brasil

Palavras-chave: Histórias em quadrinhos (HQs); Editoras; Mercado de quadrinhos.

Resumo

Histórias em quadrinhos e crianças são dois tópicos geralmente associados, mas nem todo quadrinho é destinado ao público infantil. O objetivo deste trabalho é fazer uma análise descritiva de como as organizações que atuam neste segmento atuam e como enxergam este mercado. Os conceitos abordam temas como os consumidores, o desenvolvimento de produto, a divulgação e distribuição. Foram coletados dados que descrevem como é a atuação das organizações deste ramo e foi realizada uma entrevista com uma editora, a fim de descobrirmos sua visão sobre o atual momento do mercado. O trabalho apresenta e desmistifica um importante ramo da economia criativa, apresentando os quadrinhos como uma forma de entretenimento para diversos públicos com a mais variada faixa etária.

Referências

ALVES, J. M. Histórias em quadrinho e educação infantil. Departamento de Psicologia Experimental da Universidade Federal do Pará. 1 v. 2000.

CALLARI, A. Entrevista I [AGO. 2017]. Entrevistador: Leonardo Alvim Cerqueira, 2017. A entrevista na íntegra encontra-se transcrita no apêndice desta monografia.

CALLARI, V. Política, religião e referências em Guerra Civil da Marvel – Pipoca e Nanquim #227. Youtube. 26 de agosto de 2016. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=_-exwl4po8m&t=270s>. Acesso em: 15 jun. 2017.

CARNEIRO. M.A.B. Gibis na alfabetização. Disponível em: acesso em: 05 mar. 2017.

CORSINI, R. Gibis na alfabetização. Disponível em: < http://www.revistaeducacao.com.br/gibis-na-alfabetizacao/> acesso em: 12 jan. 2017.

Crônicas da CCXP: entendendo a cultura POR e os números do entretenimento. Disponível em: Acesso em: 02 jun. 2017.

DIAS. A. Histórias em quadrinhos não são coisas de criança. Disponível em: < https://www.textie.com.br/post/572a5e22640529400620f4f9> acesso em: 02 mar. 2017

DICIONÁRIO MICHAELIS ONLINE. S.D. Disponível em: Acesso em: 02 mar. 2017

GORDON. R. Histórias em quadrinhos não são coisas de criança. Disponível em: < https://www.textie.com.br/post/572a5e22640529400620f4f9> acesso em: 02 mar. 2017.

IBGE. População brasileira sobe. Disponível em: Acesso em 20 ago 2017.

IBOPE. Retratos da leitura no Brasil. Disponível em: Acesso em: 05 ago 2017.

KOTLER, P; KELLER, K. L. Administração de marketing. São Paulo: Pearson Prentice hall, 2006.

MEIO E MENSAGEM. Comic Com movimenta R$ 15 milhões. Disponível em: acesso em 25 mai. 2017.

O ESTADO DE SÃO PAULO. Escolas Públicas recebem mais histórias em quadrinhos. Disponível em: acesso em: 17 ago. 2017.

PEQUENAS EMPRESAS & GRANDES NEGÓCIOS. 3 dicas para divulgar seu negócio nas redes sociais. Disponível em: acesso em: 01 set. 2017

SAMARA, B. S; MORSCH. M. A. Comportamento do consumidor: conceitos e casos. São Paulo: Prentice Hall, 2005.

SOBRAL, F; PECI. A. Administração: teoria e prática. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2008.

SOLERA, R. L. A história dos quadrinhos – No Brasil e no mundo. Disponível em acesso em 06 SET. 2017

VEC. A. O preço de capa e a batalha das editoras nas livrarias. YOUTUBE. 7 SET. 2016. Disponível em: acesso 20 jun. 2017.

ZAGO, B. Como o Pipoca e Nanquim quase virou uma fazenda e outras histórias. Youtube. 31 jul. 2017. Disponível em: acesso em: 02 ago. 2017
Publicado
2018-08-10
Como Citar
Cerqueira, L., & Dornelas, T. (2018). O MERCADO BRASILEIRO DE QUADRINHOS. Revista Vianna Sapiens, 9(1), 14. https://doi.org/10.31994/rvs.v9i1.293