O CONFLITO ENTRE ISRAEL E PALESTINA

Palavras-chave: Israel, Palestina, Conflito, Judeus, Árabes

Resumo

RESUMO: Trata-se de um breve estudo sobre o conflito, que perdura há anos, entre Israel e Palestina. Política e religião eram alguns dos motivos de divergência entre os dois povos. Entretanto, o conflito entre Israel e Palestina intensificou-se no final do século XIX e foi incentivado pelo sentimento de aversão aos povos judeus. Buscou-se, com este artigo, inicialmente, apontar o entendimento de ambos os lados acerca da questão. Em seguida, explica-se um pouco sobre conceitos relevantes ao tema, quais sejam, Estado, Território e Soberania. Após, é feito um rápido histórico envolvendo alguns acontecimentos importantes do conflito. Por fim, mostra-se o posicionamento da Organização das Nações Unidas e outros Estados acerca da problemática.

 

PALAVRAS-CHAVE: ISRAEL. PALESTINA. CONFLITO. JUDEUS. ÁRABES.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo da Silva Cardoso, Mestrando em Derecho y Negocios Internacionales pela Universidad Europea del Atlántico - Santander/Espanha

Especialista em Direito Privado com certificação pela UCAM - Universidade Cândido Mendes – RJ; Graduado em Direito pelas Faculdades Integradas Vianna Júnior de Juiz de Fora/MG; Professor na FACSUM - Faculdade do Sudeste Mineiro nos cursos de Direito, Administração e Engenharia de Produção de Juiz de Fora/MG; atuou como Procurador do Município de Juiz de Fora - MG no Departamento de Procuradoria Tributária e Dívida Ativa; Advogado; Mestrando em Derecho y Negocios Internacionales pela Universidad Europea del Atlántico – Santander –  Espanha.

Referências

REFERÊNCIAS

ACCIOLY, Hildebrando; SILVA, Geraldo E. do Nascimento. Manual do Direito Internacional Público. 15. ed. São Paulo: Saraiva, 2002.

ACERVO, ESTADÃO. Israel x Palestinos Conflito histórico entre israelenses e palestinos (a partir do século 19). Disponível em: . Acesso em: 13 fev. 2016.

ÂNGELO, Miguel. Judeus, Palestinos, piadas e petróleo. Revista Artigo 5º. Ano IV. 19. ed. mar/abr. 2011. Disponível em: . Acesso em: 08 fev. 2018.

BERGMANN, Lia. Israel 3.700 anos de história. In: Solução para a paz. Entendendo o Oriente Médio. São Paulo: Associação Beneficente e Cultural B´nai B´rith do Brasil, 2009.

BBC. BBC. Entenda o que significa o novo status palestino na ONU. 2012. Disponível em: . Acesso em: 17 fev. 2018.

BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução de João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. São Paulo: Sociedade Bíblica do Brasil, 1996.

CHEMERIS, H. G. S. Os principais motivos que geraram os conflitos entre israelenses e árabes na Palestina (1897-1948). 2002. Trabalho de Conclusão de Curso – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2002. Disponível em: . Acesso em: 18 mai. 2016.

DALLARI, Dalmo de Abreu. Elementos de Teoria Geral do Estado. São Paulo: Saraiva, 2013.

DEMANT, Peter. Palestinos e israelenses vão conviver ou morrer juntos. Jornal da Unicamp. Universidade Estadual de Campinas. Campinas, fev. 2002.

FERNANDES, Bernardo Gonçalves. Curso de Direito Constitucional. 3. ed. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2012.

FOLHA DE SÃO PAULO. Presidente francês pede retomada de negociações entre Israel e Palestina. 2017. Disponível em: . Acesso em: 17 fev. 2018.

______. Governo americano anuncia que fechará missão palestina em Washington. 2018. Disponível em: . Acesso em 24 set. 2018.

GRESH, Alain. Israel, Palestina: Verdades sobre um conflito. Porto: Campo das Letras. Ed. 2002.

G1. França diz que reconhecerá Palestina se impasse com Israel permanecer. 2016. Disponível em: . Acesso em: 08 fev. 2018.

ISTOÉ. Acordo de paz entre israelenses e palestinos ‘é possível’, diz Trump. 2017. Disponível em: . Acesso em: 09 fev. 2018.

JM NOTÍCIA. Fim dos tempos: Israel é pressionado pela Rússia para dividir Jerusalém com palestinos. 2017. Disponível em: . Acesso em: 17 fev. 2018.

KELSEN, Hans. Teoria geral do direito e do Estado. Tradução Luís Carlos Borges. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

LIMA, José Antônio. ONU reconhece a Palestina como Estado observador: Carta Capital. 2012. Disponível em: . Acesso em: 25 mar. 2016.

LOPES, Osório. O Problema Judaico. Rio de Janeiro: Vozes, 1942.

PENA, Rodolfo Alves. Muro de Israel: Brasil Escola. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2016.

MARGULIES, Marcos. Os Palestinos. Rio de Janeiro: Documentário, 1979. (Coleção Documenta/Fatos: 5).

MASSOULIÉ, François. Os Conflitos do Oriente Médio. Tradução Isa Mara Lando. São Paulo: Ática, 1994.

OPINIÃO GOIÁS. EUA vão abrir a embaixada de Jerusalém para o 70º aniversário de Israel. 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 mar. 2018.

REZEK, Francisco. Direito Internacional Público. Curso Elementar. 15. ed. São Paulo: Saraiva, 2015.

RODINSON, Maxime. Israel, facto colonial? In: MODERNES, Les Temps. Dossier do Conflito Israelo-Árabe. Portugal: Inova/Porto, 1968. (Colecção as Palavras e as Coisas).

ROMILDO, José. Diplomatas elogiam posição do Brasil sobre conflito em Gaza. Agência Brasil. 2018. Disponível em: . Acesso em: 8 jun. 2018.

R7. Foguete disparado de Gaza atinge Israel no dia da independência, diz Exército. Portal R7. 2015. Disponível em: . Acesso em: 8 mar. 2018.

VERMELHO PORTAL. Palestina: Ângela Merkel defende solução de dois Estados. 2017. Disponível em: . Acesso em: 17 fev. 2018.
Publicado
2018-12-21
Como Citar
Vieira, T., Cardoso, P., & Schefer, L. (2018). O CONFLITO ENTRE ISRAEL E PALESTINA. Revista Vianna Sapiens, 9(2), 24. https://doi.org/10.31994/rvs.v9i2.445