PERSPECTIVAS PROFISSIONAIS DE EXECUTIVAS BRASILEIRAS PÓSPROGRAMA DE EXPATRIAÇÃO

PUNIÇÃO OU RECOMPENSA?

  • Eduardo de Camargo Oliva
  • Thais Ettinger
  • Jane Barbosa da Rocha
  • Darticléia Almeida Sampaio da Rocha Soares
Palavras-chave: MULHER., MERCADO DE TRABALHO, REPATRIAÇÃO.

Resumo

Este artigo busca identificar quais as perspectivas profissionais das executivas brasileiras expatriadas. O artigo fundamenta-se em uma pesquisa sobre expatriação, de caráter exploratória e de natureza qualitativa com foco descritivo. A estratégia de pesquisa recaiu sobre o método de análise de conteúdo. A coleta de dados foi realizada através de uma rede social. Os resultados mostram que a essas mulheres encaram o programa de expatriação como uma grande oportunidade profissional, sendo assim, essas mulheres planejam suas carreiras para atingir os seus objetivos e suas perspectivas não estão, necessariamente, ligadas ao seu desenvolvimento profissional nas empresas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo de Camargo Oliva

Doutorado em Administração pela Universidade de São Paulo.Pós doutorado pela FEA/USP.Professor Universitário USCS-Universidade Municipal de São Caetano do Sul.

Thais Ettinger

Doutorado em Administração de Empresas pela USCS. Professora Universitária USCS-Universidade Municipal de São Caetano do Sul

Jane Barbosa da Rocha

Mestra em Administração pela USCS. Professora Universitária USCS-Universidade Municipal de São Caetano do Sul.

Darticléia Almeida Sampaio da Rocha Soares

Doutoranda em Administração de Empresas pela USCS. Professora Universitária USCS-Universidade Municipal de São Caetano do Sul.

Publicado
2017-10-17
Como Citar
Oliva, E. de C., Ettinger, T., Rocha, J. B. da, & Soares, D. A. S. da R. (2017). PERSPECTIVAS PROFISSIONAIS DE EXECUTIVAS BRASILEIRAS PÓSPROGRAMA DE EXPATRIAÇÃO: PUNIÇÃO OU RECOMPENSA?. Revista Vianna Sapiens, 5(1), 25. Recuperado de https://viannasapiens.com.br/revista/article/view/110