UM EXPERIMENTO SOBRE INTENÇÃO DE COMPRA E ATITUDE FRENTE A EMBALAGEM DE CONSUMIDORES DE COSMÉTICOS COM CERTIFICAÇÃO ECOLÓGICA

  • Laura Torres Mello
  • João Felipe Rammelt Sauerbronn
Palavras-chave: ATRIBUTO ECOLÓGICO, MARKETING AMBIENTAL, ATITUDE FRENTE À PROPAGANDA, INTENÇÃO DE COMPRA.

Resumo

O presente trabalho tem por finalidade abordar o tema marketing ambiental como estratégia para a comercialização de cosméticos ecologicamente corretos, bem como propor e testar um modelo estatístico para analisar os efeitos das estratégias de marketing ambiental sobre as atitudes e intenção de compra do consumidor. Para isso, investigamos o impacto de um argumento de caráter ecológico sobre atitudes relativas à embalagem e à intenção de compra. Dados foram coletados através de um estudo experimental com 100 estudantes de graduação do Rio de Janeiro. Ao concluir o experimento, verificou-se que os respondentes se mostraram indiferentes à presença de argumentos ecológicos em relação à embalagem e a intenção de compra. Podemos dizer que esta pesquisa é relevante ao proporcionar à comunidade acadêmica, profissional e às empresas uma melhor compreensão acerca das atitudes dos consumidores em relação a apelos ambientais em cosméticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Felipe Rammelt Sauerbronn

Doutor em Administração (FGV). Mestre em Administração Pública (FGV). Graduado em Ciências Econômicas (UFRJ). Professor Adjunto do PPGA da Unigranrio.

Publicado
2017-10-25
Como Citar
Mello, L. T., & Sauerbronn, J. F. R. (2017). UM EXPERIMENTO SOBRE INTENÇÃO DE COMPRA E ATITUDE FRENTE A EMBALAGEM DE CONSUMIDORES DE COSMÉTICOS COM CERTIFICAÇÃO ECOLÓGICA. Revista Vianna Sapiens, 5(Especial), 23. https://doi.org/10.31994/rvs.v5iEspecial.145