A CORRELAÇÃO ENTRE GOVERNANÇA CORPORATIVA E A VALORIZAÇÃO DAS AÇÕES DAS EMPRESAS

  • Márcio Pitzer
  • Antônio Carlos Magalhães da Silva
Palavras-chave: AVALIAÇÃO DE RISCO, GOVERNANÇA CORPORATIVA, MÉTODOS QUANTITATIVOS, TEORIA DE AGÊNCIA

Resumo

Este trabalho procurou analisar se a correlação entre a boa governança e o valor de mercado poderia ser identificada através de uma abordagem quantitativa. A compreensão dos impactos da governança no valor das ações é importante para entender os motivadores de sua implementação, seja por retornos financeiros sobre os investimentos feitos, seja por necessidades regulamentais. Este conhecimento é especialmente valioso para os acionistas minoritários que não têm interferência direta nas ações tomadas pelos executivos que comandam as empresas e/ou nas estratégias definidas pelos acionistas controladores. Conforme os resultados obtidos nas três diferentes abordagens proposta, não foi possível identificar nenhuma correlação entre os níveis de governança e o valor de mercado das empresas. Tal resultado só reforça a necessidade da existência de leis e normas que garantam a implementação de boas práticas de governança, garantindo a proteção do capital dos acionistas e diminuindo os problemas de conflito de agência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcio Pitzer

Mestre em Administração de Empresas pela Universidade Estácio de Sá –UNESA (2011); Gerente de Auditoria com especialização nas áreas de tecnologia, finanças e administração; E-mail: pitzer.marcio@gmail.com

Antônio Carlos Magalhães da Silva

Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005) e mestre em Administração pela Coppead/UFRJ (2000); Analista Sênior do Banco Central do Brasil e professor do programa de Pós-Graduação em Administração e Desenvolvimento Empresarial na Universidade Estácio de Sá (UNESA).

Publicado
2017-09-29
Como Citar
Pitzer, M., & da Silva, A. C. M. (2017). A CORRELAÇÃO ENTRE GOVERNANÇA CORPORATIVA E A VALORIZAÇÃO DAS AÇÕES DAS EMPRESAS. Revista Vianna Sapiens, 3(2), 27. Recuperado de https://viannasapiens.com.br/revista/article/view/75