OS MOTIVOS DA FORMAÇÃO DAS REDES SOCIAIS INFORMAIS

UM ESTUDO EXPLORATÓRIO EM UMA ESCOLA

  • Juliana Mayumi Nishi
  • Mauri Leodir Löbler
Palavras-chave: REDES SOCIAIS, QUALIDADES PESSOAIS E PROFISSIONAIS, MOTIVOS.

Resumo

O presente estudo de caso, exploratório e qualitativo tem como objetivo investigar os motivos que influenciam a formaçãodas redes sociais informais de informação, amizade e confiança em uma organização. Foi escolhida uma escola privada localizada na cidade de Ponta Porã, MS. Para o mapeamento e caracterização das redes foi aplicado o questionário de Kuipers (1999) e Silva (2003) a setenta e três funcionários. Para o tratamento dos dados foram utilizados ossoftwaresUcinet 6.0 em paralelo com o NetDraw, cujas interpretações das entrevistas utilizou-se o NVivo e análise de conteúdo. Como resultados, demostrou-se que as relações acontecem mais em nível formal, seja com o chefe, subordinado ou mesmo departamento, corroborando com Cross e Parker (2004) sobre as seis dimensões como principais razões do surgimento dos vínculos. No entanto, o estudo mostrou que os laços formados também nascem a partir das qualidades pessoais e profissionais dos indivíduos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Mayumi Nishi

Doutoranda em Administração (UFSM). Mestre em Administração (UFSM). Graduada em Administração de Empresas e Turismo (UEMS).

Mauri Leodir Löbler

Doutor em Administração (UFRGS). Mestre em Engenharia de Produção (UFSM). Graduado em Administração (UFSM). Professor Associado na UFSM; Diretor do Centro de Ciências Sociais e Humanas da UFSM - mllobler@gmail.com,

Publicado
2017-11-08
Como Citar
Nishi, J. M., & Löbler, M. L. (2017). OS MOTIVOS DA FORMAÇÃO DAS REDES SOCIAIS INFORMAIS: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO EM UMA ESCOLA. Revista Vianna Sapiens, 6(2), 25. Recuperado de https://viannasapiens.com.br/revista/article/view/179