DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL COMO FONTE DE VANTAGEM COMPETITIVA

DIMENSÃO PARA GESTÃO DE EMPRESAS

  • João Paulo Nascimento da Silva
  • Frederico Azevedo Alvim Assis
Palavras-chave: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, VANTAGEM COMPETITIVA, AMBIENTE

Resumo

Considerando que o tema desenvolvimento sustentável se revela uma nova tendência em gestão empresarial, cuja aplicabilidade contribui para a geração de valor no setor de distribuição de energia elétrica, este estudo de caso se constituiu a partir de entrevistas em profundidade com três gestores de diferentes organizações. O levantamento, análise e comparações entre as três perspectivas apontaram que práticas sustentáveis correspondem a investimentos que promovem vantagens competitivas por conferirem benefícios para a comunidade atendida. Nesse sentido, os entrevistados compartilham o ideal de se administrar a relação entre investimento e vantagem estratégica decorrente de iniciativas sustentáveis. Para tanto, contam com ferramentas e indicadores que orientam a determinação de políticas internas consolidadas para o devido cumprimento às exigências governamentais, legislações e expectativas do público consumidor. Além disso, enfatizaram a necessidade de adequarem suas práticas ao novo modelo de gestão de negócios voltada para o desenvolvimento sustentável, que engloba as dimensões ambiental, econômicofinanceira e social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Paulo Nascimento da Silva

Administrador de Empresas pelas Faculdades Integradas Vianna Júnior

Frederico Azevedo Alvim Assis

Administrador de Empresas pela Faculdade Machado Sobrinho, Psicólogo pela Universidade Federal de Juiz de Fora, Especialista em Gestão de Negócios em Turismo pela Universidade de Brasília, mestrando em Psicologia pela Universidade Federal de São João del Rei.

Publicado
2017-09-29
Como Citar
da Silva, J. P. N., & Assis, F. A. A. (2017). DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL COMO FONTE DE VANTAGEM COMPETITIVA: DIMENSÃO PARA GESTÃO DE EMPRESAS. Revista Vianna Sapiens, 3(2), 23. Recuperado de https://viannasapiens.com.br/revista/article/view/76