Abastecimento de um centro de distribuição varejista:

estudo de caso sobre a rede de supermercados PREZUNIC

  • Elton do Espirito Santo Santos Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
  • Fábio Braun Silva Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
  • Marcelo Silva Alves Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - Senai
  • Thiene Diniz Braun Silva Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
  • Denílson Queiroz Gomes Ferreira Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
  • Marcus Brauer Gomes Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Palavras-chave: ABASTECIMENTO, CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO, VAREJISTA, SUPERMERCADO.

Resumo

O objetivo desta pesquisa foi apresentar um conjunto de estratégias que podem ser aplicadas no setor varejista para melhorar os níveis de disponibilidade de itens cadastrados num centro de distribuição de uma rede de supermercados. Metodologicamente, foi realizada uma abordagem qualitativa por meio de pesquisa documental e estudo de caso em uma empresa do segmento varejista de supermercados. Os resultados indicaram que a restruturação organizacional, a utilização do sistema MRP (Material Requirements Planning) e a aplicação do projeto de cadastro EDI (Intercâmbio Eletrônico de Dados) resultaram no aumento da disponibilidade e na redução dos estoques de todas as empresas varejistas do grupo Cencosud no Brasil. Sendo assim, a aplicação das respectivas estratégias contribuiu para que as empresas ficassem mais competitivas no mercado varejista brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABRAS, Associação Brasileira de Supermercados. Ranking Abras / Super Hiper. Disponível em: http://superhiper.abras.com.br/pdf/244.pdf. Acessado em: 20 out. 2018.
DELOITTE, Global Powers of Retailing. 20 ed, 2017. Disponível em: https://newtrade.com.br/varejo/cencosud-e-eleita-maior-varejista-da-america-latina/. Acessado em: 01 nov. 2018.
FRETTA, Marcelo Collaço. Logística de suprimentos: Um estudo de caso na rede de supermercados Imperatriz. Monografia, Universidade Federal de Santa Catarina. 2006.
HILL, Arthur. Centros de Distribuição: estratégia para redução de custos e garantia de entrega rápida e eficaz. 4ª Conferência sobre logística colaborativa, 2003.
KOTLER, P.; KELLER, K. Administração de marketing. 12. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2006.
LAMBERT, Douglas M.; STOCK, James R.; VANTINE, José G. Administração estratégica da logística. São Paulo: Vantine Consultoria, 1998.
LEÃO, Rodrigo, O significado de ruptura no varejo. 2018 Disponível em: https://www.tradeforce.com.br/blog/significado-de-ruptura/. Acessado em: 01 nov. 2018.
MINADEO, Roberto. Inovações no varejo alimentar. Revista Brasileira de Inovação, v. 9, 2010.
MOURA, Reinaldo A. Administração de Armazéns. Instituto IMAM, 2002.
NEOGRID: OSA: conheça o indicador capaz de equilibrar os níveis de estoque do varejo. 2016. Disponível em: https://blog.neogrid.com/osa-conheca-o-indicador-capaz-de-equilibrar-os-niveis-de-estoque-do-varejo/. Acessado em: 05 out. 2018
PARENTE, J. Varejo no Brasil. São Paulo: Atlas, 2010.
PREZUNIC. Relatórios Disponibilizados Prezunic / Cencosud, 2016.
POZO, Hamilton Administração de recursos materiais e patrimoniais: uma abordagem logística. 6. Ed. São Paulo: Atlas, 2010.
SILVA, Lucas Vinicius Oliveira. Artigo sobre: O que é Supply Chain Management. 2017. Disponível em: http://www.administradores.com.br/artigos/academico/o-que-e-supply-chain-management/104315. Acessado em: 12 set. 2018.
SPANHOL, Caroline Pauletto; BENITES, Anderson Teixeira. Evolução histórica do varejo brasileiro de alimentos e seus fatores competitivos. In: IV Jornada Científica do Centro-Oeste de Economia e Administração, v. 4, Campo Grande, UFMS, 2004.
Publicado
2019-10-29
Como Citar
do Espirito Santo Santos, E., Silva, F. B., Silva Alves, M., Diniz Braun Silva, T., Queiroz Gomes Ferreira, D., & Brauer Gomes, M. (2019). Abastecimento de um centro de distribuição varejista:. Revista Vianna Sapiens, 10(2), 23. https://doi.org/10.31994/rvs.v10i2.604