Análise crítica acerca da pena privativa de liberdade frente ao sistema brasileiro

a pena pode ser considerada uma evolução?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31994/rvs.v12i2.778

Palavras-chave:

suplícios; pena capitalista; pena privativa de liberdade.

Resumo

O trabalho almeja analisar a aplicação da pena privativa de liberdade na contemporaneidade. O presente estudo tem como objetivo geral definir se a pena de prisão, nos moldes em que é aplicada, pode ou não ser considerada uma evolução frente aos suplícios narrados por Foucault (na obra “Vigiar e Punir”). Salienta-se que o artigo tem a pretensão de conceder ao leitor uma visão crítica do tema, explorando pertinentes pontos acerca do objeto em análise. Para tal, realizou-se pesquisas bibliográfica e documental a partir de obras relacionadas ao tema, além de a própria pesquisa se valer de registros, obtidos pela Defensoria Pública do Rio de Janeiro, da Penitenciária Plácido de Sá Carvalho. Entre as conclusões obtidas por meio deste trabalho, destaca-se que a pena privativa de liberdade em nada evoluiu se comparada aos espetáculos à época, pois o sistema penal continua eliminando, cada vez mais, valores afetos à pessoa humana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BECCARIA, Cesare. Dos delitos e das penas. Edição especial. Rio de Janeiro: Editora Saraiva, 2011.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental n. 347. Relator Ministro Marco Aurélio. Brasília, 18 de março de 2020. Disponível em: http://portal.stf.jus.br/processos/downloadPeca.asp?id=15343623422&ext=.pdf. Acesso em: 11 set. 2020.

DE GIORGI, Alessandro. A miséria governada através do sistema penal. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora Revan, 2013.

DEFENSORIA PÚBLICA. Relatório da situação carcerária referente ao Instituto Penal Plácido de Sá. Rio de Janeiro, 2017.

FOUCAULT, Michel. A sociedade punitiva. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2015.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. 42. ed. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2014.

PACHUKANIS, Evguiéni B. Teoria geral do direito e marxismo. Tradução de Paula Vaz de Almeida e revisão técnica de Alyson Leandro Mascaro. 1. ed. São Paulo: Editora Boitempo, 2017.

PIRES, T.; Freitas, F. Vozes do cárcere: ecos da resistência política. Rio de Janeiro: Editora Kitabu, 2018.

RUSCHE, G.; KIRCHHEIMER, O. Punição e estrutura social. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora Revan, 2004.

SOUZA, Jessé. A elite do atraso. Rio de Janeiro: Estação Brasil, 2019.

Downloads

Publicado

2021-09-03

Como Citar

Fernandes, B. S., Emanuelle Carvalho Martins, N. ., & Colucci Goulart Martins Ferreira, M. . (2021). Análise crítica acerca da pena privativa de liberdade frente ao sistema brasileiro: a pena pode ser considerada uma evolução?. Revista Vianna Sapiens, 12(2), 24. https://doi.org/10.31994/rvs.v12i2.778

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)