Gestão estratégica na administração pública:

o caso da política “gestão por resultados” na rede estadual de ensino de Pernambuco

Palavras-chave: GESTÃO ESTRATÉGICA, BALANCED SCORECARD, POLÍTICA GESTÃO POR RESULTADOS, REDE ESTADUAL DE ENSINO, PERNAMBUCO

Resumo

O estudo visa compreender a perspectiva da gestão estratégica materializada na política “Gestão por Resultados”, na Rede Estadual de Ensino do Estado de Pernambuco. Por meio de revisão documental, aplicação do método da observação e de questionários semiestruturados, foi possível identificar a preocupação do gestor público pernambucano em adequar-se ao perfil sócio-político atual, o qual impulsiona os governos a inovarem na composição de seu plano estratégico, onde nessa reestruturação frequentemente são identificadas estratégias de implementação da gestão por resultados inspiradas em modelos como o Balanced Scorecard. Como lócus da pesquisa, será considerada a Gerência Regional de Educação Metropolitana – GRE/Sul. Os resultados indicam que os objetivos traçados na elaboração da estratégia foram alcançados em partes e os entraves não estão na elaboração do programa, mas sim na sua execução, evidenciando a dificuldade em se obter um processo alinhado com a estratégia em toda sua extensão, considerando apenas os resultados finais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-21
Como Citar
Silva, A. D. F. da, & do Nascimento, P. R. S. (2018). Gestão estratégica na administração pública:. Revista Vianna Sapiens, 9(2), 28. https://doi.org/10.31994/rvs.v9i2.407